South America, Asia, Europe · 28 Days · 28 Moments · February 2019

Camboja / Vietnã / Mianmar / Tailândia


28 March 2019

Estou chegando!!!

27 March 2019

É o fim! Depois de 1 mês lonnnnnge de casa, chegou a hora de ir embora! Fiz o check-out, fui tomar minha vacina e parti para fazer compras! Decepcionante!!!! Tudo extremamente caro e as opções são limitadíssimas! Acabei me focando nos souvenirs!!! Muito chato essa coisa de, a todo momento, tentarem tirar vantagens de vc e ter que ficar negociando valores... Fui a 5 shoppings e, com muito esforço, consegui comprar uma camiseta, um boné, uma almofada e todas as lembrancinhas da Tailândia! Neste momento, estou indo para o aeroporto e chegarei em casa daqui a 2 dias. Não teve fotos hoje, mas vou encerrar esses relatos com uma foto que representa minha gratidão por tudo ter dado certo! Obrigado e que venham muitas outras!!!! Tailândia, 27 março de 2019.

26 March 2019

Cheguei em Bangkok! Consegui fazer o check-in, tomei um banho e fui atrás do Buda de Esmeralda... Eu não sabia que ficava dentro do grande palácio... Acho que nunca vi tantos turistas chineses juntos . Às vezes, eu não sei se é chinês ou japonês, mas o que interessa é que são turistas de tirar a paciência de qualquer um. Não gosto de ser preconceituoso, mas já estava perdendo a cabeça... Não fiquei muito tempo no complexo do Grande Palácio, que é magnífico, mas o Buda em si é muito decepcionante! Segui para o templo do Buda de ouro, que guarda a maior estátua de Buda em metal maciço. Lindo! E, finalmente, fui na Khaosan Road e fiz uma tatuagem: LOVE wins! Dormi feliz, porém agitado!

25 March 2019

O passeio de barco para a tão falada Hong Island chegou... Bem... Não foi o que eu imaginava.... Talvez, eu esteja sendo duro, afinal, choveu no dia anterior e o céu não estava limpo... Em todo caso, eu não vim aqui para ver o mar como eu tenho na minha casa! Achei bem decepcionante... E mesmo as pessoas no barco não tinham a mesma animação do passeio para 4 Islands... O legal é que choveu... E foi muito bom estar no mar e ter a água salgada lavada pela chuva! Amanhã, começa o caminho de volta para casa!

24 March 2019

Foi uma sábia decisão ter ido para Railay beach assim que cheguei ontem... Há 2 passeios imperdíveis na região... E, hoje, foi dia de visitar as 4 Islands. Tive oportunidade de explorar melhor a Phra Nang Cave em Railay... Tup Island é linda! Chicken Island seria bem comum se não fosse a montanha em formato de galinha. Poda Island encerra o passeio com chave de ouro!!! De quebra, ainda peguei a Monkey Trail e fui visitar uma Ao Nang que poucos vão... Que é muito bonita, mas o mar não ajuda muito... Simplório! Agora, esperar por mais um dia de passeio de barco!!!!

23 March 2019

Dia cansativo! Fui dormir tarde e acordei cedo por conta da vacina e despedida de Phi Phi. Fui novamente ao View Point e, de fato, a luz é muito melhor... Lamentei não ter encontrado o Tsunami Memorial, mas já estava dando a hora de pegar o navio para Krabi. Chegando aqui, me dei conta que existem 2 passeios legais para serem feitos, então, corri para Railay Beach... A princípio, a praia não me chamou atenção... Fui para outra e achei pior ainda... Até que encontrei Phra Nang Beach! Realmente, o lugar é estonteante!

22 March 2019

Não que não tenha feito nada interessante... Mas não escrevi, não tirei fotos... Apenas contemplei! Acordei tarde e, felizmente, bem! Fui procurar um passeio, mas seria tudo mais do mesmo... Pensei em visitar uma praia, mas não pagaria 40 dólares por um táxi boat... Fiquei por ali mesmo! Aproveitei para ir numa pool party e foi bem legal. Terminei o dia comendo feito louco. Sem registros, mas com memórias!!!

21 March 2019

Hoje foi um longo dia! O passeio de barco começou pouco antes das 9:30 h e se alongou até pouco antes das 20... Bamboo Island é realmente fora do comum. Nadar com os plânctons foil algo único. Valeu a pena!!! O seguro está me incomodando por conta das doses que terei que tomar, mas, no final, tudo sairá bem!

20 March 2019

Que dia!!! Hoje teve de tudo! Acordei cedo para ir à Monkey Beach e os tailandeses “metendo a mão” no aluguel do caiaque.... Contratei só por 2 horas... E eu não sei por que me aventuro nessas coisas... Caiaque não é para mim... Fico muito cansado e bate aquele desespero... Mas tudo bem! Exceto que um macaco me mordeu!!! Na parte da tarde, fui para Long Beach... Nada de mais!!!! E ainda tem um monte de corais debaixo da água que não é clara... Me cortei inteiro!!! Resolvi ir embora, mais fui seduzido pela placa de “View Point”... Andei feito um condenado até o lugar para descobrir que é o famoso Phi Phi View Point. Valeu muito a pena ter ido... O por do sol é lindo! Pretendo ir lá no sábado pela manhã! Retornando ao hotel, comprei um passeio para amanhã e perguntei se a mordida de macaco era perigosa... A resposta foi tão assustadora que estou terminando minha noite num centro médico! Mas foi um bom dia!

19 March 2019

Depois de 1 táxi, 2 aviões, 1 Van, 1 navio e alguns passos, cheguei em Phi Phi. Realmente, o lugar é agitado, com pessoas do mundo inteiro e me surpreendi com a quantidade de estabelecimentos com apelo brasileiro. Cheguei tarde, então, apenas saí para comer algo e dar uma volta... Mas tenho a semana toda para aproveitar cada detalhe!!!

18 March 2019

O dia foi exaustivo, tanto que me esqueci de atualizar o diário. Foram mais de 13 horas entrando e saindo de uma van rumo a Chiang Rai. A verdade é que não vimos nada dessa cidade; nosso destino era o Templo Branco... Mas ainda mais verdadeiro é constatar a estonteante beleza do lugar, no entanto, o interior do Templo é de uma simplicidade que não combina com o exterior. Valeu a pena ter ido! Seguimos para a Vila das Mulheres Girafas e não vi nenhuma, pois estava sem dinheiro para pagar o ingresso. Por um lado, fiquei feliz, pois me incomoda essa coisa de tratar um humano como uma atração turística. Mas eu acho que, se tivesse dinheiro, teria pago, sim... O Golden Triangle não tem nada de mais. Para minha surpresa, atravessamos para o lado do Laos e ficamos lá por 1/2 hora. Na volta para o hotel, 4 horas de viagem, uma enxaqueca querendo dar sinais e uma parada dramática no meio da pista para fazer um pipi-stop. Foi tenso, mas, graças a Deus, tudo terminou bem! Amanhã, praias!!!

17 March 2019

Ontem, foi complicado.... Uma volta ao mundo para poder chegar a Chiang Mai. Estava cansado, nem coloquei relógio para despertar. Acordei antes das 8 h e, pouco tempo depois, já estava na rua... Acabei alugando uma scooter, mesmo sem carteira de motorista.... E consegui me locomover muito bem pela cidade... Passei por uma blitz mas não fui parado (nem sei como). Passei rapidamente no Sunday Market e gostaria de ter tido mais tempo... Chiang Mai foi uma surpresa! Templos belíssimos!!! Não esperava pelo Templo de Prata.... Acho difícil o Templo Branco me deixar de queixo caído como esse... Veremos amanhã!!!

16 March 2019

Bem... Possivelmente, não haverá foto hoje... Acordei às 6 h, cheguei no aeroporto às 7:30, peguei um voo para Yangon com uma escala e cheguei ao aeroporto um pouco depois das 11. Por si só, já seria cansativo, considerando que voo para Chiang Mai seria às 14:25 h. Mas, aí, vc descobre que seu voo foi cancelado e, para chegar ao destino, vc terá que passar por Bangkok e fazer mais um trecho. Se tudo der certo, chegarei em Chiang Mai às 22:15 h.... Ou seja, um dia perdido e nenhuma compensação pelo inconveniente... É realmente irritante!

15 March 2019

Fui lá conferir o nascer do sol... Devo admitir que o sol aqui é diferente, mas o passeio de balão, embora sempre empolgante, deixou a desejar... Como imaginei, a paisagem não é das mais deslumbrantes e não se pode voar sobre os templos. Mas não me arrependi. Me arrependeria se não fizesse! Após o passeio, passei a manhã na piscina e, à tarde, fui ao Monte Popa... Mais incrível de longe do que sobre ele! Mas me despedi de Myanmar e espero que a prosperidade cubra esse povo, pois foi chocante ver o número de pedintes ao longo da estrada. Amanhã, partiu Tailândia!

14 March 2019

Eu já vi muitos, mas não me lembro de um nascer do sol tão marcante! Parecia uma bola de fogo. Um alaranjado intenso num círculo perfeito! Não tirei fotos. Não era a intenção. Me arrependi! Voltei para o hotel e comi feito um leão. Então, parti para o 2º dia de visitação aos templos. O dia terminou na piscina e, mais uma vez, estou indo dormir cedo, pois, amanhã, será a minha vez de estar mais próximo do sol!

13 March 2019

A viagem até Bagan foi muito confortável. Dormi a maior parte do tempo e as horas passaram voando! Cheguei antes das 6 h e fui direto para o hotel. Passei um tempo, tomei banho, peguei a e-bike e pé na estrada. Foram 7 dos 11 templos que tenho planejado: tudo muito bonito, mas acabam se parecendo muito também. Voltei ao hotel, dei um mergulho na piscina cuja água estava absurdamente fria e saí para ver o por do sol... Realmente, fantástico! Amanhã, acordar bem cedo para ver o nascer do astro-rei!!!

12 March 2019

Cheguei ontem em Myanmar! Após 2 voos, com uma considerável espera entre um e outro, aterrissei no final da tarde em Yangon, me deparando com um trânsito caótico e um sol alaranjado espetacular. Tomei um banho e fui ao Shwedagon Pagoda. Realmente, muito lindo, mas deixaria para conhecê-lo melhor no dia seguinte. Acordei antes das 6 h e, às 7, já estava na rua. Descobri que a linha circular de trem estava em manutenção, então, fui até um determinado ponto e voltei (deu até para cortar o cabelo). A pobreza do lugar é visível, mas é surpreendente a garra que esse povo tem... Voltei ao Shwedagon e tirei inúmeras e lindas fotos. O contraste do ouro com todo o resto é espantoso! Conheci um garotinho. Esperto! Mas não parava de pensar nas oportunidades que ele terá. Tão inteligente; mas o que o destino lhe guarda? Espero que seja feliz. Não há muito o que fazer em Yangon, mas tive um belo e exaustivo dia e, depois de 1:30 h num táxi, estou a caminho de Bagan de busão!

10 March 2019

O dia começou cedo! Às 6:30h, já estava no deck para a aula de tai chi chuan. Depois, um café da manhã reforçado e fomos conhecer uma caverna, com uma linda praia de areia onde é proibido nadar... Tudo bem que estava frio, mas qual a razão de proibir que as pessoas desfrutem da natureza??? Voltamos ao barco, arrumamos as coisas e, mais uma vez, comida: um brunch pesado que mais parecia um almoço. Chegando ao porto, hora de voltar para Hanoi, com direito ao water show dos bonecos de madeira. Amanhã, partiu Mianmar!!!

9 March 2019

Halong Bay tinha tudo para ser um grande fiasco: frio, chuva, tempo completamente fechado e cinza... Não foi! O barco era pequeno e não havia mais de 10 turistas além de mim... O que tinha de pequeno, tinha de confortável e a comida era boa, apesar do meu paladar nada acostumado com os temperos orientais. Por muito pouco, não fiz o caiaque, o que eu me arrependeria bastante, tudo por conta do medo de me molhar. Teve “aula” de culinária, karaokê e a diversão foi completa! Ps.: obtive nota máxima cantando “2 become 1”!!!

8 March 2019

Cheguei em Hanoi! Cheguei um pouco triste... Como se estivesse de ressaca moral, eu acho... Mas a verdade é que o dia anterior tinha sido tão legal, que, ao me deparar com o frio, a queda brusca de temperatura, tempo cinza e possibilidade de chuva, meu ânimo foi lá para o chão... Hanoi é bonita. Caótica. Mas tem um belo lago no meio da cidade e mais áreas verdes, o que aliviam muito aquela pressão do concreto e calor. Acabei dando uma grande volta pela cidade e retornei cedo para o hotel... Tinha que me preparar para o grande passeio para Bai Tu Long Bay, que, infelizmente, me parece que será bem aquém da beleza do local... Será???

7 March 2019

Como Ho Chi Minh City me decepcionou um pouco e, de fato, não havia muito o que fazer, decidi fazer um tour que não estava nos planos iniciais. Tinha o tour pelos túneis Cu Chi e delta do Rio Mekong... Decidi pelo segundo, uma vez que já tinha feito tour semelhante na Turquia, achei supervalorizado e estava mais interessado em ver como as pessoas viviam às margens do rio. Eu havia lido que minha escolha era uma “pegadinha” para turistas, então, estava certo de que seria um fiasco... A verdade é que eu tive um dia espetacular! Não exatamente pelo passeio, mas por ter conhecido uma galera fantástica da Espanha!!! Não só nos divertimos demais no passeio, como nos encontramos à noite e saímos para beber e conversar... Foi realmente incrível!

6 March 2019

O ônibus noturno, apesar de tudo dizendo “não”, foi muito confortável. A verdade é que só precisei dividir a cama com minha mochila, do contrário, eu não sei como as pessoas conseguem, já que sou pequeno e ficou na medida... Depois de 15 horas, cheguei à Ho Chi Minh City e foi decepcionante... Não tenho outra palavra para descrever. O Museu da Guerra, além de não atender minhas expectativas, é absurdamente parcial... Apesar de que não me faltem (maus) adjetivos para definir os EUA, as exibições do Museu eximem toda a responsabilidade do Vietnã do Sul, que trabalhou lado a lado da “América” nessa guerra tão triste, letal e, como a maioria, desnecessária.... (Há guerra necessária?) Andei pela cidade... Fui ao mercado que é um bom local para comprar produtos tradicionais... Mas decidi ir ao Delta do Mekong, uma vez que passaria o dia seguinte sem nada interessante para fazer. Mas já li que é a maior furada!!! Até lá... Ps.: a exposição do Museu a céu aberto vale a pena!

5 March 2019

O dia hoje foi demais!!! Perdi o sono às 4 e pouca da manhã... Mas consegui dormir e acabei acordando às 10 h! Santo tapa-olhos!!! Decidi alugar a e-bike, pois, quando me dei conta da distância e o calorão no lombo, seria impossível pedalar até o templo Bayon. Na verdade, eu tinha um único objetivo para ir até lá: ver os macaquinhos de perto! A e-bike foi mais tranquila do que pensei, mas meio perigosa tb. E os macaquinhos fizeram o meu dia! Me atacaram, pegaram meu celular e tripé, mas, sobretudo, me fizeram cair de amores... Um em especial, que tinha uma patinha com um toque que parecia um bebê humano. Levei mais tempo do que esperava com eles. Então, segui para tirar fotos com as estátuas na entrada do templo e fazer a foto típica de Angkor Wat. Sobrou pouco tempo para o Wat Thmei, mas o suficiente para rever os horrores da guerra há pouco mais de 40 anos no Camboja. Deu tudo certo e, agora, partiu Vietnã de busão noturno, que, por si só, já é uma experiência incrível!!!

4 March 2019

Um dos mais longos dias que tive. Agendei 2 passeios para o mesmo dia. Teoricamente, um terminaria até às 11 h e o outro começaria às 12:30h. Daria até para pegar uma ”piscininha, amor”... Não deu!!! Celular para despertar às 4 h, mas acordei varias vezes durante o sono com medo de perder o horário... Saímos do hotel um pouco antes das 5 h e, logo depois disso, já estávamos esperando pelo nascer do sol em Angkor Wat. Fiz bem em percorrer o templo, ao invés de esperar o grande evento apinhado de gente... Dali, foram mais 4 templos e, depois do terceiro, tudo parecia muito igual... Essa foi a sensação do tour à tarde, sob um calor escaldante e sem tempo para tomar um banho... Foi extremamente cansativo, mas valeu a pena. Lugares muito bonitos e mágicos. A noite terminou com a quebra da barreira sobre comidas de rua e teve até massagem, que, na verdade, foi mais uma tentativa de triste golpe. Mas, tudo bem, quando termina bem, apesar de mais de 20 horas de pé...

3 March 2019

Chegar no Camboja foi como chegar em Mesquita... Foi engraçado andar de tuk-tuk e o motorista olhar para trás ao passar por uma rua esburacada, me fazendo quase cometer uma gafe e dizer que morei num lugar como aquele. Como aquele??? Pobre? Com tantas necessidades??? Esquecido pelos outros??? Fiquei quieto. A verdade é que lamento o pouco tempo para conhecer locais tão diferentes e, ao contrário de qualquer coisa, me senti bem ao chegar aqui... Dei uma volta pela região, percebi o quanto eu deveria ser grato e quantas oportunidades eu tenho... Comprei um simples bolo que se tornou a surpresa mais inimaginável: “Happy Birthday Lucca”. É isso aí! Devemos comemorar cada dia, como se fosse um dia especial e esse acabou com um ótimo banho de piscina!

2 March 2019

Estou no aeroporto a caminho do Camboja, onde a viagem começará de fato... Mas Bangcoc foi demais! Até parecia carnaval na Khaosan Road... Na verdade, deve ser assim todas as noites (dias também)!!! Infelizmente, apesar de todas as descobertas que uma viagem nos traz, não fui capaz de experimentar as comidas de ruas e, com muita vergonha, acabei correndo para uma famosa rede de fast food.... Pelo lado positivo, isso me fez enxergar ainda mais a importância de sair de casa e se atirar no desconhecido. É um ato de muita coragem a ser reconhecido! Além do mais, tomar meu primeiro banho após mais de 48 horas foi incrível!!!
Saí de casa há 3 dias. Mas é hoje que a viagem começa! Ontem, desci em Pequim, que se revelou uma surpresa de ambas naturezas. Nunca tinha me deparado com uma cidade tão poluída! Tudo bem que eu já estive em Santiago do Chile e a nuvem cinza sobre a cidade era impossível de ignorar, mas, na China, a poluição não paira sobre você. Ela te abraça!!! O frio tb não me fez nada bem e, aliado ao cansaço, jogou minha saúde no chão. Fiquei em estado febril o dia inteiro e ainda sinto o corpo lutando para se reestabelecer... Aventura que segue!

28 February 2019

Restavam 144 dias quando a contagem começou. Mas a verdade é que aprendi a esperar e permitir que o tempo dite seu próprio ritmo. Não estou ansioso. Estou apreensivo. O coração um pouco apertado. Seja pela distância ou as grandes diferenças que vou enfrentar... A comida, o roteiro diverso e apertado, mas, sobretudo, por me afastar do Luckie por 1 mês e as patinhas que estão enfraquecendo. É estranho deixá-lo, embora, sei que ele estará muito bem cuidado. Apesar da tensão e correria, tudo correu bem na 1ª etapa. São Paulo está mais cinza do que nunca... Em 20 anos, é a primeira vez que deixo o carnaval do Rio e me parece que não me arrependerei. Chove! Serão quase 48 horas de casa a Bangcoc, onde, finalmente, poderei descansar a mochila no chão... Então, agora, vamos descobrir o que é voar pela Air China!