Italy · 3 Days · 30 Moments · July 2017

Aventuras de Carolina em Itália


20 July 2017

Em Florença, ficamos perdidos na estação de trem por achar que pegariamos um trem direto para La Spezia. Demoramos para descobrir que deveríamos ir para Pisa e trocar de trem. Entre um trem e outro, teríamos 6 minutos para encontrar a plataforma e embarcar. 1 hr depois, ao descer na estação de Pisa, nos deparamos com uma muvuca tão grande que mal tinha como caminhar. Fomos correndo procurar a plataforma do nosso trem e acabamos por entrar com 1 minuto de folga 1hr e meia depois, desembarcamos em La Spezia. Um alívio ao encontrar bem menos gente do que nas outras cidades. Engraçado que ao chegar, mal saímos da estação de trem e vimos uma briga entre um motorista de ônibus e um motorista de um carro. O do ônibus gritava em plena avenida, com xingamentos em italiano. Parecia eu discutindo hahaha Demos meia volta a pé no centro (que eh só uma rua), compramos comida pronta e eu cozinhei massa com molho pesto #oba E a casa do airbnb eh ótima tbm, tão grande que cabem 8 pessoas aqui
Mais alguns lugares visitados, uma réplica do Davi de Michelangelo e tchau Florença Ficamos por 3 horas na cidade, com as mochilas nas costas mesmo, mas já foi suficiente já que a cidade não era lá muito legal e estava cheia de gente
Chegamos em Florença Ao caminhar em direção a igreja que meu pai havia comentado sobre, sem ter ideia de qual era, vejo-a de longe E mal creio A igreja do Brunelleschi A maior cúpula em tijolo do mundo, uma das maiores já feita, um marco da arquitetura e símbolo do iluminismo Bem na minha frente, de surpresa, com seus 100m de altura Puta que pariu né E ao entrar (de graçaaaa!): Coisa mais linda caraaa olha essas pinturas desgracadas vão se fudeeee
Conheci Oliver Sentamos de frente um para o outro, no trem de alta velocidade em direção a Florença. Um senhor britânico com aproximadamente 60 anos de idade. Morava e trabalhava há 4km do centro de Londres, estava a passeio com sua filha em Veneza e estava indo para sua casa de veraneio próxima de La Spezia. Muito gentil e querido, conversamos por praticamente toda as 2hrs de viagem, em inglês. Conversamos mais sobre a cultura dos países do mundo, principalmente da Europa (visão dele) e América Latina (minha visão). Falamos a visão generalizada que tínhamos sobre essas cidades. Conversamos sobre línguas - ele fala alemao, italiano, francês e inglês, enquanto eu espanhol, inglês, francês e português. E, bom, quando se trata sobre conversar sobre a cultura de outros países, e se troca ideia sobre países onde um foi e outro não, e vice versa, a conversa pode ser infinita. Infelizmente não tenho nenhuma foto dele, só essa com seu reflexo
Saímos do apartamento as 9 da manhã, a pé, com 10kg nas costas e chegamos 9:20 no terminal de trem. 11:35 saía o nosso trem... Tipo não entendo pra que tanta pressa nessa família Ai pagamos um espresso em um café para podermos sentar nas mesas Também achamos uma loja de bugigangas úteis muito maravilhosa, uma das lojas mais legais que já fui Gastei 10 euros e comprei várias coisinhas ahauahahhah Fomos pra Florença com um trem de alta velocidade, que chegou a andar a quase 300km/h
Nosso lindo apartamento alugado pelo Airbnb com o casal Stefanelo e Antonella ❤️ vai ser difícil superar esse Já tenho saudades do ar condicionado

19 July 2017

Tô descobrindo uma gama imensamente nova de dores corporais. A média de distância percorrida por dia é de uns 10km ou mais, ao longo do dia todo (por exemplo, acho que no primeiro dia em Paris percorremos 20km) Então, pelo sexto dia, meus pés doem e somente o horário que eu durmo não é mais suficiente para que eles parem de doer. Ao menos a dor na lombar passou subitamente ué
Vista de Veneza do alto da maior torre da cidade (160m de altura) 8€ para entrar Não sei se vale tanto a pena :/
A vida começa quando o medo acaba. Pavilhão de Veneza da Bienal de Veneza
O pavilhão do Brasil fica localizado numa segunda área do Giardini. Ele tem um formado Contemporâneo e simétrico, com concreto aparente e piso em grelha metálica. Eh legal, não é ostensivo. É simples, minimalista, e diferentes. Ele era quente, no entanto. Com muita luz natural zenital e muitas aberturas sem vidros, o que impediam a colocação de ar condicionado. Sobre a obra, não posso opinar pois era um vídeo e... Bom. Eu acabei separando 1hr para ver o Giardini, a segunda parte da Bienal. Como eu já disse, eram em torno de 20 pavilhões, então eu corri MUITO e foi muito cansativo para ver tudo em 2hr. Na verdade, eu não vi muito bem as obras dessa área, foi mais para ter uma visão geral do tema da obra de cada pavilhao e estudar a arquitetura desses lugares.
Obra do pavilhao de Israel Claramente algo a ver com a guerra
Pavilhão da França lindo maravilhoso
Uma das obras mais desconfortáveis da Bienal. Não lembro qual era o pavilhão.
Grande área de exposições 2 Imagens mais genéricas sobre os pavilhões de cada país. PARTE 1 Não tenho muito o que comentar sobre eles, é mais para ter uma noção geral mesmo. Cada país tem uma pavilhão bem diferente do outro. É em torno de 20 pavilhões, então obviamente não são todos os países do mundo. São somente aqueles que em 1960 se dispuseram a construir uma estrutura permanente na praça da Bienal de Veneza.
Pavilhao da Russia. Talvez o mais legal
Grande área de exposições 2 Imagens mais genéricas sobre os pavilhões de cada país. PARTE 2
No caminho de uma área de exposições a outra. Do Arsenale para o Giardini
Bienal de Veneza A maior e mais importante Bienal de Arte Contemporânea do mundo E eu fui Eu tô muito feliz por ter ido, foi algo que eu queria muito mas nunca, jamais, cogitei ir porque pensava "gente mas quando que eu vou ir pra Veneza só pra ir ver uma Bienal?" Mas acontece que eu dei sorte e parei aqui por dois dias no período da Bienal. Por 15€, entrei sozinha (a passagem inteira era 25€ e meus pais acharam muito cara para eles irem juntos) A primeira grande área de exposições é no Arsenal de Veneza, grandes pavilhões antigos (antigos como tudo nessa cidade)
Comprando água no mercado encontro também::: alho poró! Eles cortam a parte verde do alho poró e a parte Branca é muito maior do que as que eu vejo no Brasil Tem coisa estranha aí o.O
Pavilhão da Guatemala da Bienal de Veneza Tô muito feliz de estar aqui, lembro que minha professora de artes (que também eh minha prima) havia me falado há aaaaanos que a Bienal de Veneza era a melhor do mundo Por acaso viemos pra cá justo qdo estava rolando a Bienal ❤️❤️❤️
Recolhimento de lixo, lixeiras e garis de Veneza
Postos de gasolina de Veneza Do outro lado do mundo é tudo outro mundo
Banheiros legaus

18 July 2017

Isso é uma:::: grapefruit Saca na textura linda dela
Essa foi minha janta top com arroz a grega e bolinhos de bacalhau Amei pq não foi mc Donald's de novo
Veneza à noite. Aqui escurece pelas 21h. Mas admito que prefiro a cidade ao dia
A ponte dos suspiros De um lado, a prisão. De outro lado, a câmara de execução da pena de morte. Quando o preso atravessa a ponte, ele dava seu último suspiro #pesado
Não sei o que é esto
Eu nunca tinha visto uma estação de trem :O
De avião Foto 1: Paris do alto Foto 2: área rural da França Foto 3: Alpes suíços Foto 4: Norte da Itália Foto 5: Milão Foto 6: chegando em Veneza De ônibus Foto 7: atravessando a passagem/ponte para chegar a Veneza