Argentina · 1 Days · 10 Moments · May 2017

Aventuras de Camille em Buenos Aires, Argenti


28 May 2017

Ponte da Mulher Moderna, mas conservadora. Simples, mas elegante. Discreta, mas imponente. Demasiado nova para ser considerada histórica, mas suficientemente emblemática para abrir caminho para o título de patrimônio. Há 15 anos, em um contexto de crise política e institucional sem precedentes na era democrática, era inaugurada a Ponte da Mulher, em Puerto Madero, uma obra arquitetônica de autor, sem antecedentes, naquele momento, na América Latina. A construção foi pensada e encomendada pelo empresário Alberto L. González, antigo membro da Corporação Puerto Madero, como uma homenagem para sua esposa e suas filhas e com a clara intenção de doá-la à cidade de Buenos Aires. Foi projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, mundialmente célebre por suas construções brancas. Sua construção durou um ano, com um investimento de cerca de US$ 6 milhões. Com 170 metros de comprimento, une as passarelas leste e oeste na altura do Dique 3, e tem a particularidade de que um de seus t
Plaza de Mayo (3) Cabido de Buenos Aires: Erigido em 1725, a antiga sede do vice-reinado abriga na atualidade o Museu Histórico Nacional do Cabido e da Revolução de Maio. Banco da Nação Argentina: Construído entre 1940 e 1955, a sede central do Banco da Nação é um imponente edifício coberto por uma impressionante abóboda de 50 metros de diâmetro. Monumentos da Plaza de Mayo A praça conta com dois importantes monumentos: Pirâmide de Maio: Com 18 metros de altura, a Pirámide de Mayo se erige no centro da praça para lembrar os revolucionários da Independência argentina. Monumento ao General Manuel Belgrano: A estátua equestre do General Belgrano presta uma especial homenagem ao criador da bandeira argentina. Outra das facetas mais características da praça são as conhecidas como “As Mães da Plaza de Mayo”, uma associação que surgiu durante o último governo militar da República Argentina com a finalidade de recuperar com vida os detidos desaparecidos e as crianças que foram sequestr
Plaza de Mayo (2) Edifícios mais representativos A praça está rodeada por imponentes edifícios históricos e governamentais, entre os quais se destacam os seguintes: Casa Rosada: Construída onde antes estava o antigo forte da cidade, a Sede do Poder Executivo da Argentina conta com um marcante tom rosa na sua fachada. É um dos símbolos do país e passou a ter seu exterior pintado de rosa por volta de 1870. Há várias explicações para a cor, desde que representaria a união de dois partidos políticos até quanto ao uso de sangue bovino misturado à tinta naquela época. O edifício que hoje é sede do governo começou a tomar a forma a partir da junção da Casa de Governo com o edifício de Correios e Telégrafos. Conhecer a fachada e tirar uma foto ali é figurinha carimbada no roteiro dos brasileiros, mas é possível também fazer uma visita guiada (gratuita) ao interior do edifício aos sábados, domingos e feriados. Também há o Museu do Bicentenário na parte de trás do prédio.
Plaza de Mayo (1) Situada no Microcentro portenho (Bairro de Monserrat), no local da fundação de Buenos Aires, a Plaza de Mayo é a praça pública mais importante e mais antiga da cidade. O nome da praça lembra a Revolução de 25 de maio de 1810, data em que os cidadãos se reuniram ali para expulsar o vice-rei e formar um governo crioulo. Desde então a praça vem sendo uma silenciosa testemunha dos acontecimentos políticos e sociais mais importantes do país.
Catedral Metropolitana de Buenos Aires A Catedral Metropolitana de Buenos Aires é a principal igreja católica em Buenos Aires, capital da Argentina. Localiza-se no centro da cidade, diante da Praça de Maio, na esquina das ruas San Martín e Rivadavia, no bairro de San Nicolás. É a igreja-mãe da Arquidiocese de Buenos Aires. A Catedral de Buenos Aires foi reconstruída diversas vezes desde suas origens humildes no século XVI. O prédio atual é uma mistura de estilos arquitetônicos, com uma nave e um domo do século XVIII e uma severa fachada neoclássica do século XIX, sem torres. O interior mantém estátuas preciosas do século XVIII, bem como retábulos e uma rica decoração neo-renascentista e neo-barroca. No seu interior se localiza o túmulo de José de San Martín. Seu arcebispo atual, o cardeal Jorge Mario Bergoglio, foi eleito em 13 de março de 2013 a Papa; o Francisco. Possui onze dioceses sufragâneas: Avellaneda-Lanús, Gregorio de Laferrère, Lomas de Zamora, Merlo-Moreno, Morón, San Ch
Café Tortoni O Café Tortoni é hoje a cafeteria mais antiga de Buenos Aires e a mais famosa por suas noites de tango. São tantos turistas que frequentam o lugar que eles passaram a oferecer menús em diferentes línguas e seu site também foi traduzido. O local ainda conserva o estilo do século XIX de quando foi fundado. Veja a seguir a história e os shows do Café Tortoni em Buenos Aires. Fundado em 1858, a cafeteria foi batizada de Tortoni, nome roubado de um estabelecimento bem frequentado em Paris, por seu criador, um francês de que pouco se sabe além do seu sobrenome Touan. O Café foi passado então para um outro comprador também francês, Dom Celestino Curutchet. Em seus primórdios, o Café Tortoni foi frequentado pelos artistas e jornalistas de Buenos Aires, um grupo que primeiramente se chamava "Agrupação de Gente de Letras e Artes" e, posteriormente, passou a se chamar "La Peña" e tinham o subsolo do estabelecimento como sede, pedido que foi aceito pelo dono com prazer já que os ar
Obelisco O Obelisco é um monumento histórico de Buenos Aires criado para comemorar os 400 anos de fundação da cidade. Ele está localizado no cruzamentos entre as avenidas Corrientes e 9 de Julho, ambas muito movimentadas. A Av. 9 de Julho já foi, inclusive, considerada a avenida mais larga do mundo. A Corrientes é considerada a Broadway portenha devido aos inúmeros teatros – é possível fazer fotos com as estátuas de alguns artistas argentinos na calçada.
Teatro Colón O Teatro Colón é a principal casa de ópera de Buenos Aires, na Argentina. Acusticamente, é considerado um dos cinco melhores teatros do mundo. O atual Colón substituiu o teatro original, inaugurado em 1857. O atual teatro foi inaugurado em 25 de março de 1908 com a ópera Aida, de Giuseppe Verdi, após 20 anos de obras. Após seu período de gigantesco sucesso, o declínio do teatro tornou-se notável e planos foram feitos de maciça renovação. Após o início das mudanças e reformas em 2005, o teatro foi fechado em outubro de 2006 até dia 24 de maio de 2010, quando foi aberta a temporada de 2010. O Teatro Colón foi visitado pelos maiores cantores e companhias de ópera do mundo. É uma das principais atrações turísticas de Buenos Aires, sendo possível fazer um tour guiado do teatro atualmente. O teatro está limitado entre a Avenida 9 de Julho, Rua Liberdade, Rua Arturo Toscanini e Rua Tucumán. É o coração da cidade, onde também está a estação Parque Plaza.
UBA A Universidade de Buenos Aires (UBA ou em castelhano Universidad de Buenos Aires) é a maior universidade da Argentina e uma das mais renomadas do continente, tendo sido fundada em 12 de agosto de 1821 na cidade de Buenos Aires. Assemelha-se às demais universidades públicas do país por ser financeiramente dependente do Estado, porém é autônoma, gratuita e laica. A UBA possui seu próprio "governo" decorrente de uma reforma universitária levada à cabo por professores, alunos e egressos em 1918. Che Guevara estudou aqui.
Galerías Pacífico A Galerias Pacífico é um dos muitos shoppings de Buenos Aires. Mas engana-se quem pensa que é um shopping como os outros, pois não é. Sua arquitetura, seguindo o estilo arquitetônico Beaux-Arts, é seu grande diferencial. Sua fachada é imponente e belíssima, então é impossível não notá-la do lado de fora. O teto é uma atração à parte, devido a sua decoração. É um dos poucos shoppings onde encontramos a atração no teto. Você irá reparar que todos ficam olhando para cima da parte central, perto do chafariz. Ela está localizada em uma das mais famosas ruas da cidade, a Calle Florida. No seu passeio pela rua aproveite para relaxar, fugir do calor ou do frio entrando lá para conhecê-la. Quem sabe você até não faz algumas compras? Algumas das melhores lojas de Buenos Aires e do mundo estão lá. Você encontrará as melhores marcas, mas os preços geralmente não são bons e dá para conseguir valores próximos ou até melhores no Brasil. Tem que pesquisar!